Moderno x vintage: minha opinião

Pois é, recebi um comentário aqui no blog falando que o bacana dos brechós são as peças vintage. Não tenho como discordar que sim, as peças originais e antiguinhas dos brechós são um barato, mas, sinceramente, tenho que admitir que nem todas fazem meu estilo.

Engraçado isso vir de uma pessoa que ama brechós e tem um blog sobre isso, mas vou explicar. É o seguinte: por mais que eu adore o vintage (na decoração, nos carros, nos acessórios…), nem todo mundo curte o estilo  nas roupas e é o meu caso. Até por este motivo, eu criei o blog, para mostrar que ninguém precisa ser retrô para usar peças de brechó. Não precisa ter um estilo específico que combine com as peças de segunda mão, mas sim encontrar nos bazares as peças que sirvam ao seu estilo.

A popularização dos brechós aumentou e muito o leque de opções, podemos buscar um estilo mais vintage ou reforçar certos gostos que temos em vestuário. Eu, por exemplo, sempre curti as peças clássicas e tinha dificuldade de encontrar essa modelagem nas lojas e, nos brechós, achei meu lugar.

Aqui, não quero fazer crítica nenhuma aos gostos das outras pessoas mas tenho como referência o meu gosto pessoal, óbvio. Então darei dicas de peças mais modernas e não tão ‘vintage’, estilo que pouco se adequa ao meu armário e cotidiano.

A verdadeira proposta do blog é encontrar nos brechós elementos mais atuais e relacionados ao que está em voga atualmente, por isso, espero que entendam que realmente o vintage aqui não é o protagonista.

Acho besteira categorizar e generalizar a moda: ela está aí para isso, para que a gente se divirta e se encontre, seja qual for a preferência. E, antes de nos adaptarmos a alguma coisa, que ela faça o favor de se adaptar ao nosso estilo, porque, convenhamos, o que é realmente brega é não nos sentirmos bem com o que estamos vestindo. O resto, é balela.

Naiá