Os achados do brechó da Catedral

Já confessei no post passado que adoro encontrar um novo brechó, né? E, mais do que isso, poder dividir isso com vocês, que sempre visitam, compram e me falam que acharam peças legais e que estão super felizes com a compra. Ganho o dia sempre que alguém vem me falar coisas do tipo. Como disse no post passado, as fotos do bazar da Catedral fazem parte de uma super ajuda que recebi da Rafaela Campos. Muito obrigada, Rafaela. Ela fotografou o que achou de mais bacana lá no Brechó Catedral e eu adorei, olhem só:

Adorei essa camisa, com certeza compraria pra mim.

Saia lápis vermelha.

Adorei tudo e o melhor são os preços: tudo varia entre R$3 e R$10.

Lembrando que o brechó está localizado na Catedral Metropolitana de Londrina que fica na Travessa Padre Eugênio Herter, número 33, no centro. Funciona todas as terças e sextas, das 14h às 17h. O telefone para contato é o (43) 3324-5255 e (43) 3322-1960 e a forma de pagamento é apenas em dinheiro.

Naiá

Brechó em Londrina: o bazar da Catedral

É praticamente impossível um morador de Londrina que não conheça a Catedral Metropolitana da cidade. Localizada no centro da cidade, próxima ao calçadão, a igreja ainda esconde uma coisa que muito nos interessa: um brechó. Confesso que não tinha a mínima ideia que ele existia até passar um dia por lá por acaso, ver uma portinha cheia de roupas e, claro, os olhos brilharem por descobrir mais um cantinho cheio daquilo que considero tesouros.

Enfim, lógico que entrei, olhei e trouxe a dica para vocês. Um único problema é que eu estava de mudança e não consegui ir lá tirar as fotos, mas uma leitora super fofa enviou algumas peças que ela curtiu por lá então os posts sobre o brechó da Catedral serão colaborativos, ok?

Bom, primeiro, o local é bem pequeno mas tem bastante coisa boa, é só procurar. Os preços são ótimos, variando entre R$3 e R$10.

O brechó funciona todas as terças e sextas, das 14h às 17h. A catedral metropolitana de Londrina está localizada na Travessa Padre Eugênio Herter, número 33, no centro. O telefone para contato é o (43) 3324-5255 e (43) 3322-1960 e a forma de pagamento é apenas em dinheiro.

Amanhã posto as peças bacanas que eu vi por lá.

Naiá

Brechó em Londrina: “De tudo”

Pois bem, meninas. Vamos aos motivos do sumiço: mudança para Paraty foi feita, mas muito cansativa…afinal, são 18 horas de deslocamento – sim, vim de ônibus, glamour zero. (bom, agora tem o glamour de só falar “noix”, “vocêix”, “mermo”, acho o máximo). Além disso, estou com uma gripe forte há mais de 15 dias que evoluiu para uma crise de sinusite que não me deixa fazer nada e está doendo pra caramba. Explicado? Calma, que tem mais! Tenho que avisá-las que as mudanças não vão parar…espero que venham muitas novidades por aí. Vou começar a procurar emprego e, infelizmente, o blog vai acabar sofrendo transformações para se adaptar…coisas que aos poucos vocês saberão. Enquanto isso, estou fazendo alguns trabalhos como freelancer e isso toma o tempo pra caramba, então, já começa a dificuldade pra postar e ir nos brechós. É a vida de ‘gente grande’, né?

Depois de muito falar, hoje o post é especial porque é um dos últimos brechós de Londrina que vou divulgar. É o brechó “De tudo” que, como o próprio nome diz, tem absolutamente de-tudo! Itens para bebês, crianças, algumas fantasias, roupas femininas, masculinas, bolsas, sapatos…tudo! Não sei como cabe tudo isso lá, mas é com certeza o ponto forte do local.

O brechó é organizado e as peças tem preço bacana, em média R$10.

O brechó “De Tudo” está localizado na Rua Mato Grosso, número 634, na esquina com a Rua Pará. O telefone para contato é o (43)3024-6700. Eles possuem provador e aceitam cartões.

Amanhã posto os itens mais bacanas que encontrei por lá.

Os achados do brechó da Karol

Depois de mostrar um pouco sobre o Brechó Karol, em Londrina, agora chegou a hora de ver o que tem de bacana por lá:

Camisas lindas…essa azul é um espetáculo.

Lindos! Acho que não dá pra ver mas o segundo é um verde menta super tendência! E o preço??? Maravi.

Esse blazer tá lindo, amei! Oh o detalhe da estampa…

Esse primeiro casaco saiu alaranjado na foto, mas na verdade ele é um tom mais amarelado, meio mostarda! Lindo! Olha o preço dos dois…amei!

Ficou linda a combinação né? Pra dar uma alegrada no inverno…a cor tangerina está super em alta!

Eu amei tudo e, confesso, me surpreendi com os preços super em conta! O Brechó Karol está localizado na Rua Mato Grosso, número 635, na esquina com a Rua Pará. O telefone para contato é o (43) 3324-1081. O email para contato é o carol.mzr@hotmail.com.

Lembrando que a Carol fez uma promoção pras leitoras do blog: nas compras acima de R$20, quem disser que é leitora do Moda Possível ganha 20% de desconto. A promoção vale até o sábado, dia 08 de junho. Imperdível!

Beijos, Naiá

Brechó em Londrina: Karol

A dica de hoje volta pra um cruzamento cheinho de brechós em Londrina: das ruas Mato Grosso e Pará, no centro da cidade. Hoje vou falar de uma surpresa boa nos brechós, o Brechó Karol.

Muito organizado, com peças selecionadas a dedo pela própria Carol, dona do brechó, é um dos brechós mais organizados que já fui. Vale a visita.

O Brechó Karol está localizado na Rua Mato Grosso, número 635, na esquina com a Rua Pará. O telefone para contato é o (43) 3324-1081. O email para contato é o carol.mzr@hotmail.com.

E agora uma coisa super bacana que a Carol preparou para as leitoras do blog: nas compras acima de R$20, quem disser que é leitora do Moda Possível ganha 20% de desconto. A promoção vale até o sábado, dia 08 de junho. Não dá pra perder, hein?

Amanhã tem mais post sobre o brechó da Karol com as peças mais bacanas que achei lá, não percam!

Naiá

Bazar no Lupércio Luppi por R$1

Pode até parecer que é jabá, mas não é. A razão pela qual eu divulgo o brechó Lupércio Luppi nunca foi explicada aqui então vou contar para vocês. O brechó faz parte de um projeto realizado pela Associação de Mulheres In Casa de Talentos, localizada no Centro Cultural Lupércio Luppi, que realiza projetos de formação e capacitação de mulheres de Londrina. Lá eles possuem cursos de corte e costura e, agora, vão abrir vagas para cursos de formação de cabelereiros para a comunidade. Não é bacana? Fico MUITO orgulhosa de ajudá-los pelo menos um pouquinho a realizar tantos projetos e, pode parecer vaidade, mas o Moda Possível é um pouco responsável por algumas conquistas deles com a divulgação do bazar (e saber disso me arrancou algumas lágrimas, confesso!). Segundo a coordenadora da associação Gislaine Dias – que é uma querida, sempre fico muito feliz com as nossas conversas – o blog foi responsável por aumentar muito as vendas do bazar e, com isso, os projetos que estavam só no papel puderam virar realidade. Com a renda dos bazares divulgados pelo blog já foi comprada uma máquina de costura industrial e também uma parte da compra dos equipamentos do salão de cabelereiros.

Acontece que, ao longo dos dois meses em que vou lá no brechó, criei laços de muito carinho com todo o pessoal e com o projeto que eles desenvolvem, sempre com muita responsabilidade e dedicação. Então, nada mais justo que utilizar do blog para ajudá-los, não é mesmo? Ah, e lembrando que não estou falando isso para passar a impressão de que sou a pessoa mais altruísta do mundo, quem dera eu fosse…ajudá-los não é nada, nem uma ínfima parte do que eu poderia fazer para ajudar alguém e só estou falando tudo isso para mostrar o porquê de toda a divulgação que faço, já que muita gente pode ficar curiosa ou querer saber dos meus motivos. Não ganho e nem nunca aceitaria ganhar nada em troca pela divulgação de nenhum dos brechós e, se isso vir a acontecer, vocês saberão explicitamente. A única coisa que eu ganho é um sentimento incrível de fazer algo por pessoas que fazem um trabalho sério e, com isso, ajudam as pessoas a ter uma formação. Não troco a divulgação que faço dos brechós por descontos, permutas e nem nada do tipo, que fique claro. A minha única fonte de renda com o blog dá-se com o Bazar Possível e, se eventualmente o Moda Possível vir a ser um blog com fins lucrativos, vocês serão avisadas.

Estou escrevendo também para lembrá-los que muitos brechós são responsáveis por parte ou até por toda a renda de uma instituição, associação ou casa de apoio então, comprar nestes locais também é uma forma de ajudar.

Nossa, que post longo, hein? heheeh Pois bem, isso tudo foi para falar que o Brechó Lupércio Luppi continua em promoção liquidando tudo por R$1. Aos poucos vão chegando coisas novas e eu, boba que não sou, sempre que passo lá para pegar algumas peças que mando arrumar (sim, eles possuem o serviço de conserto e também fazem peças sob encomenda…o preço é ótimo!) vejo as novidade e saio com alguma coisa nova. As minhas últimas comprinhas da semana:

Shorts jeans lindo por R$1 e suéter navy com listras em marinho e branco por R$1 também

O mesmo shorts e a camisa preta de manga curta..o look inteiro por R$2.

Apesar de eu ir quase toda semana ao brechó, sempre acho alguma coisa nova!

O brechó da Casa de Cultura Lupércio Luppi fica na Avenida Saul Elkind, número 790, no Conjunto Aquiles Stenghel. O telefone para contato é o (43) 3321-8479 e no sábado o brechó vai abrir das 8h às 18h! 

Naiá

O bazar no Lupércio Luppi continua

Meninas, a boa notícia é que o bazar do Brechó Lupércio Luppi continua! Tudo por R$1 e achados incríveis. Querem relembrar algumas peças que achei lá?

Blazer e vestido.

Pro frio!

Blazer vermelho…

Camisa listrada M. Officer…

E várias outras coisas!

Brechó Lupércio Luppi

Localização: Avenida Saul Elkind, número 790, no Conjunto Aquiles Stenghel e o telefone para contato é o (43) 3321-8479. O brechó vai abrir neste e no próximo final de semana em horários especiais: no sábado das 8h às 17h30 e no domingo das 7h às 13h.

Naiá

Achados do Brechó Bela

Quando fui ao brechó Bela, já sabia mais ou menos o que me esperava: a região em que está localizado é uma área com brechós interessantes e, ao mesmo tempo, com preços um pouco mais saltos. O brechó Bela tem peças bacanas, algumas a preços bem interessantes e outras com preço mais alto. O que acho bacana é dar a dica e deixar que as pessoas vejam o que vale e o que não vale a pena em cada estabelecimento.

Nine West noviinho por R$25.

Repararam que ando apaixonada por vermelho? Só tirei fotos de coisas no tom…hehehe

Lembrando que o brechó Bela está localizado na Rua Mato Grosso, número 644, no centro de Londrina. O telefone para contato é o (43)3323-4703. O horário de funcionamento é de segunda a sexta das 8h às 18h e aos sábados das 9h às 13h. Eles aceitam cartões de débito e crédito e possuem provadores.

Naiá

Brechó em Londrina: Bazar Bela

Meninas, antes de tudo gostaria de me desculpar pela ausência no blog e na resposta dos comentários nos últimos dias…é que foi tão corrido – viajei para a casa dos meus pais e fizemos algumas ‘mini-viagens’ durante o final de semana – e foi impossível parar para acessar a internet!

Voltando à programação normal do blog, hoje a semana começa (tardiamente), com a dica de um brechó super completo no centro de Londrina, o Brechó Bela. Localizado naquele famoso cruzamento da Rua Pará com a Rua Mato Grosso - cheeeio de brechós - ele tem de tudo: sapatos, bolsas, cintos, peças femininas, masculinas, infantis, artigos de cozinha e até para bebês. 

O ponto forte do brechó são os sapatos e as peças masculinas. A variedade em todos os itens é bem grande e lá é possível encontrar de tudo. Os preços variam muito, peças podem sair por R$5 até por R$50 dependendo muito do estado e de qual peça.

O brechó Bela está localizado na Rua Mato Grosso, número 644, no centro de Londrina. O telefone para contato é o (43)3323-4703. O horário de funcionamento é de segunda a sexta das 8h às 18h e aos sábados das 9h às 13h. Eles aceitam cartões de débito e crédito e possuem provadores.

Naiá

Brechó em Londrina: bazar Irmã Sheila

A dica de brechó de hoje veio de uma indicação da Sílvia de Luca: é o brechó Irmã Sheila, que faz parte de um projeto do albergue noturno Raul Faria Carneiro ou lar dos vovôs.

Lá a organização não é das melhores, apenas uma parte das peças fica pendurada nos cabides. Estão disponíveis peças femininas, masculinas e infantis só que com pouca variedade, mas mesmo assim é possível fazer achados bem interessantes. A seleção de bolsas é o ponto forte do local…olhando bem por cima achei umas seis bolsas legais…procurando bem então, é possível achar muito mais. Os preços são bons, a maioria das peças varia entre R$4 e R$5 reais.

O bazar Irmã Sheila está localizado na Rua Araguaia, número 589, no Jardim Agari, em Londrina. O bazar funciona toda quarta-feira das 13h30 as 17h e o telefone para contato é o (43) 3028-0277. Lá tem provador e eles só aceitam dinheiro como forma de pagamento.

Naiá

Bazar no sábado em Londrina.

Vocês lembram do primeiro brechó de Londrina que falei aqui no blog? É o brechó da Avenida Tiradentes, que faz parte de um projeto da Paróquia Nossa Senhora Rainha dos Apóstolos.

Neste sábado, 14 de abril, o brechó estará aberto das 8h ao 12h cheeio de peças novas e itens bacanas por R$3 cada. Os organizadores atenderam ao meu pedido e decidiram abrir no sábado para as pessoas que trabalham e não podem ir na segunda-feira. Portanto, compareçam!

Algumas peças minhas compradas no bazar da Tiradentes:

Essa é uma das minhas bolsas preferidas, acho que custou R$1 em novembro, na época em que o bazar estava em promoção. Ela estava bem velhinha, mas usei aquela dica que mostrei aqui e ela ficou nova. Já teve até look com ela no blog aqui.

Camisa liiinda por R$2.

Mais uma camisa por R$2.

Lembrando que o Bazar da Tiradentes fica na Avenida Tiradentes, 43, próxima ao início da Avenida Rio Branco. O telefone para contato é o (43) 3327-2518.

Aguardo vocês lá!

Naiá

Os achados do Bazar Brasil

Depois de falar um pouco mais no Bazar Brasil ontem, hoje chegou a hora de vocês verem um pouquinho mais das peças de lá.

Camisa linda linda linda que quaaaase levei, mas como não sou muito estampada, decidi deixar. No detalhe a estampa, muito linda.

Os shortinhos mais sociais – bem naquele estilo que vende na Zara – super fofos e por R$10.

As saias…também R$10 cada.

As bolsas: o preço não é dos melhores, mas acho que as peças valem pela qualidade e pelo bom estado. A preta está incrível e as duas são de couro.

Infelizmente, não comprei nada, mas confesso que estou de olho na bolsa preta heheh.

Beijo, Naiá

 

Brechó em Londrina – Bazar Brasil

A dica de brechó da semana volta para Londrina e apresenta o Bazar Brasil, estrategicamente localizado em uma rua cheia de brechós na cidade, a Rua Pará. Fica bem em frente ao brechó da Moda, que dei a dica aqui no blog há algumas semanas. Dá para aproveitar e ir nos dois em um mesmo dia.

O Bazar Brasil tem peças femininas e masculinas, a maioria para adultos, com boa variedade. Em relação aos preços, as calças femininas e masculinas variam entre R$15 e R$20, camisas masculinas estão na faixa de R$10, blusas femininas entre R$5 e R$20, vestidos R$15 e R$25. Lá o acervo conta com uma seleção especial de acessórios - eu amei! – e estão disponíveis artigos como óculos, bijuterias, sapatos e bolsas com preços variados.

O Bazar Brasil fica localizado na Rua Pará, número 344, loja 1, no centro de Londrina. O telefone para contato é o (43) 3321-3733 e o brechó funciona em horário comercial. Tem um provador e aceita cartões de crédito e débito.

Naiá

Novo no meu armário – Brechó Lupércio Luppi

Depois de me afundar nas comprar – que vocês viram aqui! -, tive a brilhante ideia de voltar pro brechó Lupércio Luppi, já que eles colocaram várias coisas novas e a promoção tudo por R$1 continua.

O resultado? Me afundei (de novo!) Decidi investir em peças para o inverno com tons mais sóbrios, olhem só as compras:

Suéter: comprei os dois de manga 3/4 e bem fofos, um preto básico e um douradão de luréx. Nem sei se vou usar o dourado, mas decidi trazer pra casa e ver o que dá.

Mais um blazer, perceberam que estou virando aloka do blazer? hahaha Mas ele vestiu tão mas tão bem que não deu como não trazer, além de ser uma cor que eu adoro no inverno, o cinza mescla. E o vestido preto também vestiu super bem e é de um tecido bacana (que não sei o nome, mas chuto que seja um poliéster de qualidade).

A foto não dá pra entender nem um pouco a beleza da saia. Ela é um azul petróleo lindo, um tecido bem próximo da seda e muito fofa. Ah, e perdão pela saia super amassada, só vi depois.

Mais uma saia preta pra coleção, essa já foi até usada e fica meio rodadinha no corpo, uma graça.

Apesar de ter comprado muito, a consequência foi um limpa imenso no meu armário: tudo que estava parado há mais de um ano teve um destino apropriado.

Lembrando que o Brechó Lupércio Luppi está liquidando tudo a R$1, peças de verão e inverno durante todo o mês de abril. Ele está localizado na Avenida Saul Elkind, número 790, no Conjunto Aquiles Stenghel e o telefone para contato é o (43) 3321-8479.

Naiá

Bazar no Brechó Lupércio Luppi – Tudo por R$1

O fato é que todo mundo fica doido com os achados do brechó da Adriana, não é mesmo? E que tal comprar peças tão incríveis quanto – de inverno e verão – por apenas R$1 e o melhor: em Londrina?

Pois bem, a novidade é que neste final de semana o bazar da Lupércio Luppi vai liquidar tudo! Milhares de itens a preço de banana: levando mais de uma peça, qualquer uma delas fica R$1. Me empolguei e levei não 1 e nem 2, mas onze peças (!!!). Surtei! Mas calma, algumas delas são para a mãe e irmã, que amam os achados e agora viraram ratas de brechó. Fofas!

Separei uma parte das minhas compras para vocês verem:

Blazer de linho vermelho, R$1.

Camisa listrada M. Officer R$1

Camisa Makenji R$1 (na foto ela saiu cinza, mas ela é um pouco esverdeada…) R$1

Blazer de lã cinza R$1

Vocês podem ver os posts sobre o brechó aqui no blog. Tem um mostrando as instalações, outro mostrando as peças bacanas que tem lá e um último mostrando algumas compras.

O brechó da Casa de Cultura Lupércio Luppi fica na Avenida Saul Elkind, número 790, no Conjunto Aquiles Stenghel e o telefone para contato é o (43) 3321-8479. Para quem usa ônibus, é só pegar o 406 ou 407 no terminal urbano de Londrina que ambos param bem pertinho do Centro Cultural.

O bazar vai acontecer neste sábado (30 de março), até as 17h e no domingo até as 13h. Não dá pra perder, né?

 

UPDATE!!! Meninas, devido ao sucesso do bazar, as organizadoras decidiram manter o desconto por todo o mês de abril! Quem não conseguiu ir no bazar não precisa desanimar, porque elas estão liquidando TUDO! Comprando mais de uma peça (fácil, fácil) todas as peças passam a custar R$1.

Naiá

Minhas escolhas – Brechó da Moda

Cheio de peças moderninhas, de fast-fashion (e com preço bacana), o brechó da Moda foi uma grata surpresa em Londrina. Tudo porque achei duas peças lá que são incrivelmente atuais, vocês vão ficar impressionadas:

A saia de renda era nada mais, nada menos que uma peça da coleção da Carina Duek para C&A, que foi lançada no fim de novembro de 2011. É número 44, portanto, vou ter que mandar apertar. Paguei R$10.

Essa bolsa eu fiquei realmente em dúvida se levava, já que vocês perceberam que não sou muito de estampas, muito menos das coloridas. No fim, levei porque ponderei que, justamente por possuir poucas peças estampadas, preciso de um acessório que imediatamente dê uma alegrada no look, principalmente nos looks básicos pra ir no cursinho (pra quem não sabe, estou fazendo cursinho preparatório pra concurso, pensam que tá fácil a vida? hehehe).

Até fiz uma ‘enquete’ na página do Moda Possível no facebook para saber se ela estava aprovada ou não. O resultado? Nenhum, foi uma divisão só. Algumas meninas acharam linda, super usável para looks faculdade e afins e outras detestaram, acharam com cara de camelô (essa foi ótima, fiquei com a cara no chão!). Confesso que fiquei em dúvida também pelo modelo Alexa inspired, um dos mais imitados no mundo depois da Chanel 2.55, né? Enfim, já usei uma vez pra ver se eu ficaria encanada mas não, achei bem fofa. Mas prometi que, se não for com a cara dela, sorteio pra quem gostou. hehehe

E aí, quero a opinião de vocês: a bolsa é bacana mesmo pra looks bem casuais (e básicos) ou vocês acham ela com cara de bolsa de camelô também? E a saia, não foi um super achado?

Beijo, Naiá

Os achados do Brechó da Moda

Dei a dica do Brechó da Moda ontem e hoje trouxe as peças bacanas do acervo do brechó. É tudo bem básico (do jeito que eu gosto), mas com um toque fashinista: tem camisetas moderninhas, shorts jeans, vestido e até colete.

As camisetas: as duas são TNG e saíam por R$10 cada.

Os shorts jeans eram bem bonitos mas só tirei foto de dois pra vocês verem. O primeiro é clássico e o segundo é com lavagem mais clara e aplicação de tachas. Ambos custavam dez reais.

Vestidinho de manga longa e cor bem invernal e um item que quase levei: o colete da marca MOB. Gostei muito e fiquei na dúvida se usaria e ainda não sei. R$10 cada também.

Amanhã tem post com os meus escolhidos…já adianto que tem coisa muito boa no meio.

Naiá

Bazar em Londrina: Brechó da Moda

O brechó de hoje foi uma surpresa boa na Rua Pará, em Londrina. Arrumadinho,  peças limpinhas e um acervo bem moderno, o Brechó da Moda já ganhou uma cliente: eu.

Aliás, preciso falar que ultimamente não tenho a mínima vontade de ir pro shopping. Só de pensar na ideia já desanimo, porque tudo está tão caro (ou eu estou pobre demais?) e nos brechós tem coisa tão bacana quanto a preços incrivelmente mais baixos que não tenho mais o ânimo de ir ao shopping como antes. Hunf, espero que seja fase.

O foco do brechó são peças masculinas e femininas de tamanho adulto, mas tem alguma coisa em vestuário infantil. Quase todas custam R$10. Blusas femininas, sapatos, camisetas, calças e shorts. Bolsas custam cerca de R$15.

O Brechó da Moda fica na Rua Pará, número 353, pertinho de vários outros brechós. Para contato, o telefone é o (43) 3323-7131 e (43) 9992-9646 e lá são aceitos cartões de crédito e débito.

Naiá

Os escolhidos – Brechó Lupércio Luppi

Sempre que apresento um brechó aqui no blog, costumo mostrar mais do que somente as instalações do lugar: gosto de falar sobre o que tem de mais interessante, qual o forte do brechó (peças femininas, masculinas, acessórios, etc)  e qual a faixa de preço praticada.

E não vai ser diferente com o brechó do Centro Cultural Lupércio Luppi, que apresentei no blog no começo da semana e hoje vou mostrar os itens que trouxe para o meu armário já abarrotado, mas itens que serão muito bem-vindos. Para ver o post que fiz sobre o brechó é só clicar aqui.

A saia de onça foi um daqueles achados milagrosos que você quase nem acredita. Já estava indo embora quando olhei pra um pedacinho de pano com estampa de onça que chamou imediatamente a minha atenção perdido em uma prateleira. Quando peguei, vi que o tecido era bacana (até um pouco brilhantinho e fluido), pela etiqueta parecia ser importado e, o mais importante: serviu. Lógico que levei na hora, sem hesitar. O precinho foi incrível, R$3 e em poucos dias a peça vai aparecer aqui no blog, podem apostar!

Esse é aquele tipo de vestido que ninguém dá a menor bola, mas que olhando com mais carinho ele fica coisa mais linda. Então. Ele é suuuper transparente e a ideia é usar com uma combinação por baixo, que comprei no próprio brechó um na cor marrom. Lógico que não é a cor ideal pra usar com ele, mas era o que tinha. Paguei R$3 nele e R$3 na combinação.

Lembrando que o brechó da Casa de Cultura Lupércio Luppi fica na Avenida Saul Elkind, número 790, no Conjunto Aquiles Stenghel. O telefone para contato é o (43) 3329-0316 e o brechó fica aberto de segunda à sexta-feira das 08h00 às 18h00. Sábado das 08h00 às 12h00.

Amei minhas aquisições e vocês, gostaram?

Achados do brechó Lupércio Luppi

Chegou o dia de ver o que tem de bacana no brechó da Avenida Saul Elkind no Centro Cultural Lupércio Luppi. Pra ver o post sobre o brechó, clique aqui.

As camisas, lindas! A marinho é muito bonita e de um tecido ótimo, até suspeito que seja de seda. E a preta era plissada e bem charmosa, olhando agora estou levemente arrependida de não ter trazido para casa. As duas custavam R$3.

Os vestidos! Achei linda a estampa do cinza, isso é uma grande vantagem dos brechós, você dificilmente vai achar uma estampa igual pela rua, já nas lojas, não dá pra falar o mesmo, né? Sem falar na originalidade das estampas, uma mais linda que a outra! Põe aí na conta mais algumas vantagens dos brechós. O segundo vestido parece azul cobalto, mas é um roxo bem bonito. Tem um decote fofo nas costas que esqueci de fotografar (besta!). Os dois custavam R$3 também.

Adoro comprar blazer em brechó, já falei aqui? Acho que esqueci. Gosto porque é um item que as pessoas usam muito pouco, então geralmente estão em ótimo estado mesmo quando comprados de segunda mão. Custavam R$4 e o último, meio creme, parecia feito de moletom, super casual.

Como de costume, vocês verão ainda esta semana. Já adianto que postei um dos achados lá na página do Moda Possível no facebook. Lá sempre tem achados em primeira mão, dicas, fotos e um meio direto de falar com o blog.